Fake News são mentiras?

Apesar de causar confusões de informações que geram atitudes e reações em que lê ou assiste, nem todas as Fake News são mentiras. Sim algumas são, mas outras são: meia verdade.

A técnica de verdade filtrada, verdade parcial e boa parte da visão unilateral.

Todas essas técnicas tem o objetivo de passar uma informação que convém, que não lhe cause um transtorno, ou mesmo possa ferir a sua credibilidade.


Existem três verdades sobre um fato. A minha a sua e o que realmente aconteceu.


Eu tenho certeza que você leitor esclarecido sabe muito bem que esses métodos de contar a verdade por parte, ou a parte que interessa, são usados pela imprensa a muitos anos, algumas vezes por imposição de superiores, ou mesmo do Estado, que por muitas vezes entendem que o povo não está apto a saber de tudo.


Nós brasileiros temos muitos fatos destorcidos ao longo de nossa história conhecida, que provavelmente nunca serão contados da forma real, ou mesmo da visão da outra parte.

Sempre tem alguém que ocultou algo.

Mas isso não é exclusividade nossa.

A maioria dos países tem verdades ocultas que jamais foram reveladas, e de acordo com o nível de liberdade do povo, vivem sempre cutucando a ferida.


Os americanos são um exemplo de quem sempre está investigando, pesquisando, até com canais de televisão especializados em investigações desse tipo, pois não acreditam no que foi divulgado.

Outros países com regimes mais autoritários como Cuba, procurar a verdade normalmente é sua sentença de morte.


Para nós, como é comum, a diversidade é sempre uma grata experiencia. Já vivemos autoritarismo, liberdade, em diversos níveis, alternando de tempos em tempos.

Já vimos uma imprensa unica contra um governo, como na construção de Brasília, onde até os últimos dias que antecederam a Inauguração, a imprensa ainda publicava que não havia nada construído lá.


Mas para ilustrar uma fake news contada por um lado da história, a parte que pode ser boa para quem conta, imagine que você acabou de chegar neste planeta.

Vou te contar uma história de orgulho e bravura.


Em 2014 tivemos a "copa do mundo de futebol" neste país. Vale mencionar que é o esporte preferido pela população em geral, aliás, o único esporte que tem destaque no país.

Uma época conturbada com a economia começando a quebrar, escândalos que a policia federal estava investigando doleiros e governo, que trouxe a copa do mundo, construiu os estádios e deu total isenção de impostos a FIFA. Só para a festa acontecer.


Nas quartas de finais, nosso eterno futuro craque foi covardemente atingido pelas costas e estava fora do próximo jogo.

A semi final seria com a devoradora de títulos, a implacável e fria Alemanha. Uma seleção que jogava com a técnica e sem emoção. Profissionais que não amam o esporte e sim cumprem funções em campo. Frios e calculistas. Não teríamos a menor chance.

Mas a nossa seleção canarinho, que representava todo a esperança e vontade do brasileiro, entrou no estádio de Minas Gerais, o estado simbolo de nossa liberdade, para a batalha do amor contra o gelo.

E todo o empenho de nossos guerreiros, toda a habilidade de nossos Davis, conseguiu um feito memorável contra os Golias Germânicos.

A batalha foi de lágrimas, sangue, dores, e tudo que a emoção de cada brasileiro naquele estádio, sentia na própria pele verde e amarela de nossas camisas.

Mas nos acréscimos, no final de jogo, aos 48 minutos do segundo tempo, nosso guerreiro, Oscar, soltou um chute de fora da grande área, para as traves do Gigante goleiro Alemão.

Apesar do salto desesperado do demônio protetor das traves, a bola que tinha consigo cada gota de orgulho e esperança do nosso povo, venceu a barreira e foi para o fundo das redes, para que duzentos milhões de punhos fossem fechados e garganta soltasse aquele grito de alivio, dor e gloria de uma palavra só. Goooooooooooool.

Eles venceram a copa, os Barbados Germânicos como era esperado, mas nosso não deixou essa vitória barata, não entregou a copa com cordeiros. Nosso orgulho, naquele gol, naquele instante que fomos superiores e mostramos que estávamos aqui..

Por que somos brasileiros e não desistimos nunca.




inicial.jpg
eneagrama.jpg
consultas.jpg
livros.jpg
curso.jpg
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now